bandeira ue2Não é novidade prever que a partir de 1º de abril de 2015, encerradas as quotas lácteas, a produção de leite da UE irá aumentar. De fato, existem várias campanhas para o aumento e se o volume não cresceu mais, é pela ameaça de multa. O que não está claro, é de quanto essa produção será acrescida. Segundo a Agritel, consultora de mercados agrários, o incremento deve ser em torno de 2% ao ano, o que quer dizer, que entre 2015 e 2020, o volume estará entre 8 e 10% maior. Este será um crescimento médio para a UE, já que o comportamento entre os países será variado. Nos países do norte o crescimento deve superar a média: na Holanda (+16%), França (+12%) e Alemanha (+20%). A Agritel prevê também aumento de 50% na demanda da China até 2022. E um aumento da volatilidade nos preços. (Agrodigital)

Sindilat

Sindicato da Indústria de Laticínios e Produtos Derivados
do Estado do Rio Grande do Sul

Contato

Av. Mauá - n° 2011 - Sala 505 - Centro
Porto Alegre / RS
CEP 90030-080

Fone: (51) 3211-1111 - Fax: (51) 3028-1529
E-mail: sindilat@sindilat.com.br

Newsletter

Nome
E-mail
Estou ciente que receberei as newsletter da Sindilat/RS
Back to top